Início MMA - Combates - Eventos Mais maduro, ‘Toquinho’ garante finalização em estreia no Taura: “Até ele já...

Mais maduro, ‘Toquinho’ garante finalização em estreia no Taura: “Até ele já sabe”

COMPARTILHE
Share Button

Rousimar ‘Toquinho’ viveu altos e baixos em seus últimos anos no MMA. A habilidade rara e as finalizações implacáveis dividiram espaço nas manchetes com uma série de polêmicas – notadamente aquelas relacionadas à demora para ‘soltar’ suas chaves de calcanhar e joelho. Porém, após completar 40 anos, o mineiro de Dores do Indaiá garante estar muito mais maduro do que nos últimos anos. Esbanjando confiança, o peso-médio (84 kg) afirmou que seu adversário no Taura 10, Sean Loeffler, já tem consciência de que vai perder o combate do dia 23 de outubro, no Rio de Janeiro.

“Eu não pretendo finalizar ele, não. Eu vou finalizar ele. E ele sabe disso, toda a equipe dele sabe disso, todo mundo sabe disso. Não é desmerecendo nem nada, mas ele já sabe que eu vou pegar. Vai ser uma grande luta? Vai, sim, sem dúvida nenhuma, porque ele vai tentar me pegar, e eu vou acabar pegando ele. É bem simples. Desculpa a sinceridade, mas é certo que a vitória é minha. Tenho muita fé, acredito muito nisso. Estou mais maduro, mais consciente, tive mais oportunidade de aprendizado na vida como um todo. Quero agradecer a ele por ter aceitado a luta, mas a vitória é minha, já está certo. Não tem para onde correr. Que eu vou pegar, eu vou, até ele já sabe disso. No dia lá, vocês vão ver que vai acontecer o que eu estou falando”, declarou.

Trata-se da estreia de ‘Toquinho’ no Taura. E, apesar de toda a certeza que demonstra, o ex-lutador de UFC, WSOF e Fight Nights Global vai enfrentar uma parada duríssima na Upper Arena: Sean Loeffler não perde um combate desde 2010. E isso não significa falta de atividade: de lá para cá, ele fez 15 combates de MMA, alternando entre peso-médio, meio-pesado (93 kg) e pesado (120 kg), e tendo vencido todos.

O Taura 10 está repleto de atrações. Além da estreia de ‘Toquinho’, Serginho Moraes também vai debutar na organização. O ex-campeão mundial de jiu-jitsu fará contra Jared Revel sua primeira luta após sair do UFC. E, assim como aconteceu no combate de Rousimar, o matchmaker do Taura não pegou leve com o ‘Orgulho da Cohab’: ‘The Rebel’ é o atual campeão peso-médio do Battlefield Fight League, um dos maiores eventos de MMA do Canadá. Além dos dois duelos com grandes nomes do esporte mundial, também haverá quatro disputas de cinturão: Felipe Gheno (C) vs Bruno ‘Korea’, nos moscas (57 kg); Douglas He-Man (C) vs Ary Farias, nos galos (61 kg), Yasmin Castanho (C) vs Bruna Vargas, nos palhas (52 kg) e Isaac Moura (C) vs Gian Sarturi, nos penas (66 kg).

Sobre o Taura MMA

Fundado por Djônatan Leão em 2017, o evento começou com o nome de CTNV, sigla para Circuito Team Nogueira Viamão, e pouco a pouco se tornou um dos mais respeitados do Sul do país, iniciando uma parceria de transmissões com o canal Combate já em sua segunda edição. Em 2019, com o objetivo de conquistar o país, a organização fez uma reformulação e, sem deixar de lado suas raízes, passou a se chamar Taura – uma homenagem à gíria gaúcha que define aquele que é especialista em qualquer assunto.

Apesar da crise econômica causada pela Covid-19, o Taura MMA vai realizar mais quatro eventos neste ano: no dia 23 de outubro, no Rio de Janeiro (RJ); no dia 30 de outubro, em Kissimmee (EUA); em 22 de novembro, em Atlantic City (USA); e no dia 6 de dezembro, no Rio de Janeiro (RJ). Para 2021, são previstos 17 shows.

Por: SOUZAFC
Share Button