Início MMA - Combates - Eventos ‘Oscar do MMA nacional’ – Future MMA lidera lista de premiados

‘Oscar do MMA nacional’ – Future MMA lidera lista de premiados

COMPARTILHE
Share Button

Em pouco mais de um ano de existência, o Future MMA já se tornou protagonista do cenário nacional. Além de, atualmente, ser a organização que mais exporta lutadores brasileiros para os grandes eventos internacionais, incluindo o UFC, o show fundado por Jorge Oliveira conquistou o troféu de melhor evento do Brasil, título concedido, via voto popular, pelo Prêmio Osvaldo Paquetá, realizado nesse final de semana no Rio de Janeiro.

O Future MMA 4 conquistou o troféu de melhor edição do ano de 2019. O evento foi marcado pela grande vitória do peso médio Wellington Turman sobre o ex-finalista do TUF Brasil Márcio Lyoto na luta principal. Vale destacar que, dias depois dessa luta, o curitibano de 22 anos foi contratado pelo UFC, se tornando o primeiro lutador da organização a assinar com o maior evento de MMA do planeta. CEO do Future, Jorge Oliveira comentou as conquistas.

“Este reconhecimento é muito importante porque veio do público, que é a base do Future MMA, evento criado justamente para, através da tecnologia, dar poder aos fãs. O card da nossa 4ª edição, com boa parte das lutas casadas por nossa audiência, concorreu com cards formados na forma convencional, por matchamaker profissional, o que prova a eficiência do nosso sistema”, exaltou o mandatário. “Muito obrigado a cada um que votou; aos lutadores, que literalmente dão sangue no nosso decágono e também nos ajudaram na campanha de votação; e a todo o time Future MMA. Vamos voltar com tudo após este período difícil pelo qual o mundo todo está passando. E claro, sempre levando em conta a opinião dos fãs.”

Ainda no decágono do Future aconteceu a melhor luta de 2019: o duelo entre as pesos-palhas Ariane Sorriso e Ketlen Esquentadinha, que marcou a ida de Sorriso para o UFC, em maio daquele ano. Alguns profissionais que atuam no evento também conquistaram prêmios de suas categorias: o de comunicador do ano foi para o narrador Leandro Mamute; o de melhor árbitro, para Eduardo Mello; e o melhor time de cutman, para a Equipe Knockdown. Presidente do Prêmio Osvaldo Paquetá, Cristiano Martins elogiou o evento. 

“O Future MMA trouxe a qualidade dos eventos internacionais, a visão do americano para o Brasil: remuneração, lutas justas, todo suporte técnico de staff, iluminação, tudo excelente. Realmente foi um prêmio merecido”, exaltou Martins. “Parabéns ao Future e a todos os outros vencedores. E muito obrigado a todos que apoiam o MMA nacional, em especial aqueles que fizeram esta edição possível: LBV, Boomboxe, Íbis Hotel Copacabana Posto 2, Prime Esportes, AFW, GCS Capital, Forth Media, Web Sports TV e ao Canal Woohoo, que chegou para ficar no mundo das lutas.”

Confira abaixo a lista completa de premiados:

Lutadora do ano: Natália Silva

Lutador do ano: Rene Soldado

Lutadora revelação: Yanna Gadelha

Lutador revelação: Felipe Moitinho

Nocaute do ano: Gabriel Almeida (cruzado)

Finalização do ano: Hernani Perpétuo (gogoplata)

Luta do ano: Ariane Sorriso x Ketlen Esquentadinha

Reviravolta do ano: Alan Munn-Rá

Head coach do ano: Cristiano Marcello

Equipe do ano: CM System

Melhor evento televisionado: Future MMA

Melhor evento não-televisionado: Spartano’s Fight MMA

Melhor card/edição: Future MMA 4

Comunicador do ano: Leandro Mamute

Matéria do ano: Luiz Prota –  “Concussão na luta”

Fotografia do ano: Cassiano Correia

Arte gráfica do ano: Winicius Tarik

Announcer do ano: Bilmar Pereira

Ring girl do ano: Silene Ximenes

Árbitro do ano: Eduardo Mello

Cutman do ano: Equipe Knockdown

—————–
Por: SOUZAFC
Share Button