Início MMA - Combates - Eventos Jovens de 40, 50 e 60 anos e o aumento na busca...

Jovens de 40, 50 e 60 anos e o aumento na busca por esportes de lutas

COMPARTILHE
Share Button

Os novos “jovens do século XXI” estão a cada dia mais ousados em busca de grandes desafios. Gigantes do esporte como Mike Tayson e Roy Jones JR, 54 e 51 anos, surpreendem todo o planeta  mostrando que ainda conseguem performances impecáveis dentro do ringue, e principalmente provando ainda ser de grande interesse comercial, o público tem grande interesse em assistir por paperview suas lutas.

Nomes como o brasileiro Anderson Silva 45 anos, que teve sua aposentadoria anunciada pelo evento UFC, garantem ainda estar em forma e pronto para voltar aos combates em outras organizações de MMA ou mesmo BOXE.

Todo esse movimento acaba chamando o publico amador para buscar a pratica de artes marciais diversas, Muay Thai, Boxe, Jiu-Jitsu e até mesmo o MMA.

Já é muito comum encontrarmos senhores(as) suando seus quimonos e se esforçando com luvas em grande parte das academiais do Mundo.

No jiu-jitsu, por exemplo, há muita gente que inicia depois dos 50 anos de idade. E no que diz respeito à competições, a modalidade sai a frente por já ha mais de 20 anos promover campeonatos com a inclusão das categorias Master, Sênior e Super- Sênior, não limitando a idade máxima dos atletas.

Helvécio Penna é um dos grandes nomes do Jiu-Jitsu Mundial, prestes a completar 60 anos de idade, o guerreiro que acumula diversos títulos mundiais, europeus e nacional, nunca se contentou em lutar somente na categoria de idade, sempre aventurou, muitas vezes conquistando títulos na categoria adulto, que limita seus participantes a 29 anos de idade.

Revista Lutas

Share Button