Home Desempenho - Dicas dos mestres MASSACRE! Mulher Brasileira em primeiro lugar!!! 48 segundos e Amanda derrota Ronda.

MASSACRE! Mulher Brasileira em primeiro lugar!!! 48 segundos e Amanda derrota Ronda.

SHARE
Share Button

A brasileiríssima Amanda Nunes mostrou ao mundo o que é que a “ baiana tem”. Sobre a pressão de toda uma mídia únicamente direcionada para levantar mais ainda Ronda Rausey, o maior símbolo americano e mundial feminino do MMA, nossa baianinha em nenhum momento perdeu o foco, e só não deixou a loira de rosto no chão por conta da precipitada intervenção do arbitro, o que provavelmente não aconteceria se fosse a luta fosse em qualquer outro local.

amandanunesrondaufc4reuters

Sabemos a importância que Ronda tem para o MMA feminino, mas não podemos deixar de destacar que a loira, – mesmo que seja oriunda do Judô, esporte extremamente ético – não demonstra espírito esportivo para com as suas adversárias. Cotudo, mesmo arrogante, com estereótipo americano, a marrenta conquistou muitos fãs pelo mundo afora, com suas quedas e chaves de braço. E já ha algum tempo vem atuando em grandes produções cinematográficas de Hollywood.

Uma incógnita surge agora sobre qual será o futuro da lutadora e atriz depois da avassaladora derrota.

 

AmandaNunes

Amanda Nunes em nenhum momento se importou com todo charme e jogo de marketing de Ronda antes da luta. A brasileira mostrou dentro do octógono sua extrema superioridade e, em um inglês fluente, em nenhum momento se negou a dar entrevistas.

Amanda tentou ainda comprimentar a adversária que mais uma vez se retirou sem ao menos agradecer a presença dos milhares de fãs que compareceram ao local.

LAS VEGAS, NV - DECEMBER 30: Amanda Nunes of Brazil (left) reacts to her victory over Ronda Rousey (right) in their UFC women's bantamweight championship bout during the UFC 207 event at T-Mobile Arena on December 30, 2016 in Las Vegas, Nevada.  (Photo by Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Festejemos a vitória da Leoa Amanda Nunes como últiam grande conquista de 2016. A bahiana que representou de maneira brilhante a força da mulher brasileira e muitos de seus fãs que apostaram em bolsas internacionais conseguiram uma boa quantia, já que a bolsa estava pagando quase três vezes o valor apostado caso a brasileira vencesse.  

Revista LUTAS – A revista de LUTAS do BRASIL

  

Share Button