bolsas para lutadores revista lutas

MAIOR LUCRO para os Lutadores. A�AssociaA�A?o ENFRENTA UFC e exige maiores percentagens para os atletas.

MAIOR LUCRO para os Lutadores. Associação LUTA com UFC por maiores percentagens para os atletas.

bolsas para lutadores revista lutas

Nenhum lutador de MMA tem possibilidade de lutar sozinho contra instituições como o UFC ou outras que lucram promovendo os grandes eventos que tem como atração principal as LUTAS. Atualmente os atletas são submetidos à exclusiva vontade dos organizadores de eventos. Muitos se sentem explorados e frequentemente discordam dos valores das bolsas e da escolha dos atletas que nem sempre respeita a ordem e rankings.

A Associação Profissional de Lutadores nos Estadis Unidos promete fazer isso em nome de seus associados. A organização é apoiada por ligas como a NFL e a MLS. Dentro do staff estão o famoso empresário de baseball Jeff Borris e o advogado Lucas Middlebrook, que atualmente representa Nick Diaz. Um dos objetivos é proporcionar maior lucro para os atletas e instituição de normas trabalhistas.

Nas redes sociais e no site da INSTITUIÇÂO a chamada é forte e diz: “É HORA de MUDAR”

O Texto é complementado com a pergunta: POR QUE atletas de BEISEBOL, BASQUETE, FUTEBOL, E HOCKEY tem ASSOCIAÇÕES?

No site são apresentadas mensagens de apoio de líderes de associações de atletas.

"Como o diretor executivo da Associação de Jogadores da Major League Baseball, apoio os esforços dos lutadores para se organizar. A solidariedade e compromisso do grupo será essencial para a sua capacidade de proteger e promover os seus direitos no local de trabalho. " — Tony Clark – Diretor Executivo | Associação de Jogadores da MLB

Veja o comunicado emitido essa semana

"A Associação Profissional de lutadores (PFA) foi estabelecido para representar os interesses coletivos dos lutadores contratados pelo Ultimate Fighting Championship (UFC)”… "É o objetivo da PFA organizar esses atletas que trabalham duro para que possam coletivamente negociar os termos e condições de emprego, nos termos da Lei Nacional de Relações do Trabalho (NLRA). A PFA não só será uma união de lutadores, mas vai ser regida exclusivamente pelos mesmos. São os lutadores que irão controlar o seu próprio futuro ".

A equipe PFA inclui o veterano agente desportivo Jeff Borris, o advogado trabalhista Lucas Middlebrook e economista Andrew Zimbalist.

Pelo que a Revista Lutas apurou, o UFC não se posicionou ainda sobre a criação da nova instituição.

Líderes de outros sindicatos de atletas  profissionais, incluindo a League Baseball, a Liga Nacional de Hóquei dos Estados Unidos prometeram o seu apoio da PFA.

A nova instituição já divulgou gráficos surpreendentes que mostram que o UFC fica com 85% da receita gerada pelos eventos, deixando para os LUTADORES somente 15%.

Em outros esportes os atletas chegam a ficar com 40 ou 50% da receita.

Atletas BRASILEIROS e de outros países devem seguir a tendência, é inevitável.

Revista Lutas – A Revista da Luta no BRASIL.