Big Shot Fight agitou Goiânia

BIG SHOT  FIGHT 3
Goiânia X Santa Catarina: melhor para os catarinenses
O BIG SHOT FIGHT  fez seu primeiro pouso na capital goiana  sábado (04/06).
O evento trouxe 4 cinturões em jogo em um card, que colocou frente a frente para uma revanche atletas de Goiânia X Santa Catarina.
O duelo entre lutadores do Centro-Oeste e do Sul, já aconteceu em agosto do ano passado na edição 1 do evento em Florianópolis.
Além de 11 super combates, o evento trouxe uma luta exibição que promoveu a inclusão do autismo no esporte.
CINTURÕES
•Bruno “Hulk” e Adercino “Marmita” se encaram na luta principal, em disputa pelo cinturão vago na divisão dos médios (84kg). “Hulk” levou a melhor na disputa, ao nocautear o goiano ainda no 1° round.
•Com uma finalização (guilhotina), no 1° round, o goiano Paulistênio Rocha conquistou o cinturão dos meio médios (77kg) da organização. A disputa foi contra o então campeão Willian Lima.
•Breno “Ceará” encarou Dirley “Mão de Pedra” na defesa de seu titulo dos meio-médios, e levou de volta para o Sul do Brasil, o cinturão da categoria até 93 kg por decisão dividida dos juízes.
•Bernardo Graff  colocou um cinturão mais que especial na cintura. O atleta que representa a inclusão do autismo nas artes marciais fez com o goiano  Matheus  “Guiado por Deus”, uma luta exibição, provando à importância das artes marciais como ferramenta inclusiva.
O evento contou com a presença de Charles do Bronx, ex-campeão  dos leves do UFC e de  Bruno Blindado, atleta peso médio do UFC.
BIG SHOT FIGHT 3
Goiânia X Santa Catarina
04 de junho de  2022
Resultados Oficiais:
Bruno “Hulk” venceu Adercino “Marmita” por KO aos 1m53s do 1° round;
Heraldo Souza venceu Rafael “Koncreto” por decisão unânime;
Júlio César venceu Matheus  Messaros em 56s do 2° round por finalização (mata leão);
Paulistênio Rocha venceu Willian Lima aos 1m33s do 1° round por finalização (guilhotina);
Marcelo Dias “Hulk” venceu Paulo Henrique “CJ” por desistência no (TKO);
William Clasen venceu Anderson “Bodão” por TKO aos 4m53s do 2° round;
Cleibson “Jacaré” venceu Gilmar Serrano por KO aos 1m10s do 1° round;
Breno “Ceará” venceu Dirley “Mão de Pedra”  por decisão dividida;
Bruno Sá venceu João Marcos por TKO aos 3m02s do 2° round
Lucas Gouveia venceu Juan Eula por finalização (mata-leão) aos 2m24s do 1° round
Newton Santos venceu Vinícius Santana por decisão unânime dos juízes;
Bernardo Graff venceu Matheus “Guiado por Deus” – Luta Exibição.
Fotos : Bruno “Hulk”.
Crédito fotos : Murilo Justiniano Silva.
POR: SOUZAFC
REVISTA LUTAS