Início MMA - Combates - Eventos Taura MMA contrata vencedor do TUF, americano ex-UFC e talentos da nova...

Taura MMA contrata vencedor do TUF, americano ex-UFC e talentos da nova geração

COMPARTILHE
Share Button

O Taura MMA segue ampliando a lista de grandes contratações para os quatro eventos ainda a serem realizados em 2020 e os 17 planejados para 2021. Nesta sexta-feira (4), a organização anuncia que fechou contratos com o peso-galo (61 kg) Reginaldo Vieira, o peso-mosca (57 kg) Danny Martinez – ambos ex-UFC –, e as revelações Nicolas Cocuccio e Luana Santos.

Vieira (13-6) foi o campeão da quarta e última edição do reality-show “The Ultimate Fighter Brasil”, exibido pela TV Globo em 2015. Desde então, fez apenas três lutas: duas no UFC e uma pelo evento Russian Cagefighting Championship. Aos 37 anos, Reginaldo pretende dificultar ainda mais as coisas para os concorrentes na categoria galo, que já tem atletas como o ex-UFC Carlos Huachín, além do campeão Douglas ‘He-Man’.

Entre os moscas, Danny Martinez já chega como ameaça ao campeão Felipe Gheno (9-1). O americano, que tem 21 vitórias e nove derrotas como profissional, deixou o UFC mesmo após vencer Richie Vaculik em 2015 e segue pronto para lutar em alto nível. Ele se junta a outros grandes nomes, como José Maria ‘No Chance’, Bruno ‘Korea’ e Allan ‘Puro Osso’ na jornada rumo ao título da categoria.

Ao mesmo tempo em que adiciona nomes consagrados aos seus quadros, o Taura MMA também se reforça com talentos da nova geração. O argentino Nicolas Coccucio (10-3-1) venceu sete das suas últimas oito lutas e é mais um ‘hermano’ no elenco da empresa, enquanto Luana Santos, que tem três vitórias em três combates de MMA amador, fará sua estreia profissional pela organização.

Sobre o Taura MMA

Fundado por Djonatan Leão em 2016, o evento começou com o nome de CTNV, sigla para Circuito Team Nogueira Viamão, e pouco a pouco se tornou um dos mais respeitados do Sul do país, iniciando uma parceria de transmissões com o canal Combate já em sua segunda edição. Em 2019, com o objetivo de conquistar o país, a organização fez uma reformulação e, sem deixar de lado suas raízes, passou a se chamar Taura – uma homenagem à gíria gaúcha que define aquele que é especialista em qualquer assunto.

Apesar da crise econômica causada pela Covid-19, o Taura MMA vai realizar mais quatro eventos neste ano: no dia 23 de outubro, no Rio Grande do Sul; no dia 30 de outubro, em Kissimmee (EUA); em 22 de novembro, em Atlantic City (USA); e no dia 6 de dezembro, no Rio de Janeiro (RJ). Em 2021, são previstos 17 shows.

Por:

Francisco Souza

 

Share Button