Início Eventos / Torneios Aline SILVA se recupera de lesão e já visa jogos Pan Americanos

Aline SILVA se recupera de lesão e já visa jogos Pan Americanos

COMPARTILHE
Share Button


A brasileira Aline Silva, atleta de wresling, também conhecida como luta olímpica, está de volta aos treinos. Já garantida nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, a atleta se recupera do rompimento de ligamentos do joelho.

Os treinamentos ocorrem no Sesi Cubatão, no litoral paulista, com sua equipe multidisciplinar, liderada pelo coach Flávio Ramos.

A vaga de Aline Silva para os Jogos Pan Americanos veio nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba na Bolívia, realizado no mês de junho de 2018.

”As evoluções dela têm sido muito boas. Ela tem muita facilidade com força e flexibilidade. Agora estamos na parte final da reabilitação, que é justamente a parte que ela já faz alguns treinos”, comenta Walter Orquisa, fisioterapeuta da atleta.

Recém completados 10 anos no SESI, Aline Silva tem pela frente um ano muito importante rumo às Olimpíadas de Tóquio 2020. ”Depois da trombose, quando eu voltei a competir, na primeira luta, minha adversária pegou no meu joelho direito e rompi o ligamento colateral. Tive que fazer uma cirurgia. Antes da cirurgia ainda competi os Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, para ganhar a vaga para os Jogos Pan-Americanos. Conquistei a vaga e fiz a cirurgia. Foram oito meses de recuperação”, conta a atleta.

Completando 10 anos de Sesi

Aline Silva voltou de Curitiba (PR) em 2009 para o projeto do Sesi-SP visando várias modalidades, incluindo a luta olímpica. A atleta conquistou vários títulos usando as cores da instituição, incluindo duas medalhas pan-americanas e a prata no Mundial da modalidade de 2014, no Usbequistão.

“Me dar conta de que eu voltei a lutar e para o wrestling por causa do projeto do SESI é muito gratificante. Nesse tempo eu conquistei medalhas em mundiais, em mundial sênior, as medalhas em mundiais militares. Eu conquistei Jogos Pan-Americanos. Foram 10 anos muito produtivos graças ao SESI. Para mim é um marco. É como se olhasse para trás e fosse uma reflexão do passado, de tudo o que eu fiz, e de tudo aquilo que ainda estar por vir”, completa Aline.

Idealizadora do projeto MEMPODERA, em Cubatão (SP), a atleta oferece à meninas e agora à meninos, entre 6 e 15 anos, a oportunidade de ingressar no esporte através do wrestling, e a chance de aprender inglês.

Sobre a lutadora Aline Silva

Aline Silva já cravou seu nome história da luta olímpica brasileira. Em 2006 conquistou a inédita medalha de prata no Mundial Júnior e em 2014 sagrou-se vice-campeã mundial sênior na categoria até 75kg. A atleta ainda tem no currículo duas medalhas em Jogos Pan-Americanos (Guadalajara 2011 e Toronto 2015), dois ouros em Mundiais Militares, 12 títulos em campeonatos brasileiros e 10 em campeonatos paulista, entre outros resultados expressivos.

Em março de 2018, Aline Silva ganhou o prêmio de mulher do ano da United World Wrestling, um reconhecimento pela sua luta em busca pela igualdade de gêneros e empoderamento das mulheres no esporte.

A atleta de 32 anos defende o Sesi e a Marinha do Brasil e tem patrocínio da Auto Shopping Global.

Siga a atleta em www.facebook.com/alineluta

Publicado em REVISTA LUTAS – A Revista de Lutas do Brasil

Share Button